Arquétipos Culturais TeamHub

Arquétipos Culturais TeamHub

 

O que são os Arquétipos Culturais TeamHub?

Para entendermos o que são os Arquétipos Culturais TeamHub é necessário observarmos algumas premissas. Há diferentes tipos de cultura que se desenvolvem no interior das organizações. Não se pode classificá-las como boas ou ruins. Entretanto, no âmbito empresarial, faz-se necessária uma avaliação se a cultura estabelecida vai de encontro aos valores defendidos pela empresa, são coerentes com sua missão e favorecem o alcance da visão da organização.

A TeamHub desenvolveu tipologias próprias, fruto de sólida experiência em consultoria organizacional e o conhecimento técnico-científico de seus fundadores.  Portanto, acreditamos que os Arquétipos Culturais TeamHub são indicadores consistentes para análise e planejamento estratégico assertivo.

Este texto tem como objetivo passar uma ideia geral de cada um dos Arquétipos Culturais TeamHub, destacando pequenas porções de seus conceitos.

Imagem com pessoas planejando os Arquétipos Culturais TeamHub

Imagem com pessoas planejando os Arquétipos Culturais TeamHub

VEJAMOS QUAIS SÃO ESSES ARQUÉTIPOS E SUAS DEFINIÇÕES

ARQUÉTIPO CULTURAL DE REGRA

Forças: Forte preocupação para que os processos sejam bem construídos, padronizações e clareza nas regras, primam pela qualidade das entregas e combinados claros.

Pontos de atenção: Nas relações interpessoais – alta hierarquia e subordinação e, no trabalho, existe uma morosidade nas entregas e burocratização. Ambiente de baixa confiança devido ao excesso de controle e fiscalização.

Crença básica: Uso do controle para gerar estabilidade.

Construção de futuros: Tendo como ponto de partida o passado.

ARQUÉTIPO CULTURAL DE COMPLACÊNCIA

Forças: Tolerância, paciência e manutenção de um bom clima. Cuidado na tomada de decisão, capacidade de avaliar probabilidades e antever consequências.

Pontos de atenção: Nas relações interpessoais – alta condescendência com procedimentos e atitudes negativas e paternalismo e, no trabalho, existe procrastinação, resistência passiva diante de mudanças.

Crença básica: Tolerância para manutenção de um bom clima.

Construção de futuros: Tendo como base as histórias pessoais.

ARQUÉTIPO CULTURAL DE APRENDIZADO

Forças: Valorização do desenvolvimento da equipe, constância de feedback, aperfeiçoamento e crescimento. 

Pontos de atenção:  Tanto nas relações interpessoais, quanto nas relações com o trabalho, o ponto de maior atenção está na necessidade de se perceberem como parte de um ecossistema maior. É importante ter uma percepção mais acurada de tempos, modos e pessoas para saber no que investir e quando.

Crença básica: Crescimento através do desenvolvimento.

Construção de futuros: Tendo como base a contribuição de cada pessoa.

ARQUÉTIPO CULTURAL DE CLÃ

Forças: Forte cumplicidade, vínculos, companheirismo e cuidado mútuo. Maior colaboração entre os seus.

Pontos de atenção: Nas relações interpessoais – alta cumplicidade pode promover um ambiente tóxico e permissivo. Evitam conflitos. Relações paternalistas e, no trabalho, existe união dos membros da equipe em oposição à ideias, mudanças e novos modelos de gestão.

Crença básica: Cumplicidade e apoio.

Construção de futuros: Tendo como base a força do relacionamento.

ARQUÉTIPO CULTURAL DE COLABORAÇÃO

Forças: Postura colaborativa, orientação para o ambiente externo, abertura para novas ideias e compartilhamento de pontos  de vista.

Pontos de atenção: Nas relações interpessoais tendência a desenvolver dependência extrema da participação de outros para a tomada de decisão e dificuldade em assumir responsabilidades individuais e, no trabalho, existe dificuldade para perceber com maior clareza os talentos de cada um e posicioná-los estrategicamente.

Crença básica: Fazer junto.

Construção de futuros: Tendo como base as múltiplas perspectivas, pontos de vista.

ARQUÉTIPO CULTURAL EMPREENDEDORA

Forças: Agilidade na tomada de decisão, alta produtividade, liberdade de criação, foco no futuro, risco, objetividade, dinamismo e motivação para qualquer atuação.

Pontos de atenção: Nas relações interpessoais as relações são mais superficiais, e os vínculos surgem de acordo com os interesses do momento e, no trabalho, existe uma tendência a alta competitividade negativa e briga de egos.

Crença básica: Fazer o que precisa ser feito. 

Construção de futuros: Tendo como base a capacidade de execução.

ARQUÉTIPO CULTURAL DE INOVAÇÃO

Forças: Dinamismo, busca por inovação, melhoria de processos/produtos e preocupação para que a tomada de decisão seja mais assertiva e em tempo hábil. Busca por caminhos mais rápidos. 

Pontos de atenção: Nas relações interpessoais comunicação mais objetiva e de baixa afetividade e, no trabalho, falta cuidado com o desenvolvimento e manutenção do ambiente interno. Pessoas mais lentas, não são muito bem vindas nessa cultura.

Crença básica: Agilidade com qualidade. 

Construção de futuros: Tendo como base a capacidade de imaginar e criar o futuro desejado.

ARQUÉTIPO CULTURAL DE AUTORIDADE

Forças: Padrões de qualidade pré estabelecidos, comunicação direta, definição clara  de papéis. Hierarquias bem estabelecidas como forma de delimitar espaços. 

Pontos de atenção: Nas relações interpessoais formalismo nas relações, distanciamento e baixa confiança e, no trabalho, existe um Clima mais tenso, baixa confiança no time e liderança e alto controle.

Crença básica: Ordem e limites claros. 

Construção de futuros: Tendo como base o que já deu certo.

 

Como saber quais Arquétipos Culturais TeamHub minha empresa possui?

A TeamHub é uma plataforma digital capaz de diagnosticar a Cultura instalada na empresa. É exatamente esta Cultura que compõem os Arquétipos Culturais TeamHub. Entre em contato conosco e saiba mais com podemos ajudar sua empresa diagnosticar os Arquétipos Culturais TeamHub e alinhá-los com os objetivos estratégicos da sua organização.

Sobre Rodrigo Grossi

Co-fundador e COO da TeamHub. Tem mais de 10 anos de experiência em Gestão de Pessoas. Analista Comportamental pela Metodologia DISC. Professor DISC pela ConsultarGP. Coach, especialista em Líder Coaching. Consultor pela Agente Inovação Colaborativa. Professor das disciplinas Comportamento Organizacional, Talentos e Vocação e Líder Coaching. Professor pela Universidade da Família (UDF) dos cursos Como Criar seus Filhos e A Transição do Infante.
Atuou em grandes empresas como TOTVS e FIAT. Especialista em Banco de dados Microsoft SQL Server, Oracle, MySql. Certificado Microsoft em Banco de Dados, Infraestrutura e Active Directory. Formado em Banco de Dados pela Universidade UNA. Professor pela Treinar Informática dos cursos de Banco de Dados Microsoft, Oracle, Windows Server e formação de Lideranças Corporativas. Elaborou e coordenou o desenvolvimento de software de Gestão de Pessoas, com pesquisa de clima, avaliação de desempenho, gestão de treinamentos e PDI, cargos e salários, gestão de recrutamento e seleção, CRM, Workflow e Financeiro. Idealizador do sistema TeamHub de análise de diagnóstico de potencial cultural das organizações.



Comente com o Facebook



Posts relacionados

Av. Presidente Antônio Carlos, 681, Loja 12. Lagoinha, Belo Horizonte - MG CEP: 31.210-010

contato@teamhub.com.br